Pois é… Parece que o Da Silva do centro gosta de ser palco para a falta de noção das minhas coleguinhas. Anteontem, não foi a Polyanna quem deu uma “sem-noçãozada”, mas uma outra coleguinha.

Pois bem. Fomos almoçar lá porque essa coleguinha disse que queria almoçar em um lugar legal. Como eu ando meio inapetente, pensei logo no Da Silva, porque a comida lá é deliciosa. É meio caro, mas eu sempre acho que vale a pena. A coleguinha, das outras vezes em que almoçamos lá, já havia enchido o prato com ostras. Pois bem. depois de devorar cerca de dez moluscos, disse que iria comer um abacaxi grelhado, que aliás estava divino.

Não o encontrando no lugar indicado, ficou perambulando entre os stands de alimentos, de um lado para o outro, com um ar meio de perdida.

Não é que o mâitre perguntou para ela se ainda estava procurando as ostras?

Quando ela voltou para a mesa, com a cara mais ressabiada do mundo, nós já começamos a rir. Mas a surpresa maior foi que, como ela dissera ao mâitre que queria os abacaxis, ele providenciou um pratão enorme, repleto de fatias douradíssimas de abacaxis grelhados.

Aí foi aquela gargalhada! Ficamos perturbando a coleguinha, dizendo que o responsável deve ter pensado que ela gostava tanto das infrutescências quanto dos moluscos!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.