E a melhor notícia do dia foi a condenação, ainda que em primeira instância, do Roriz e da Maria de Lourdes Avagaba, por improbidade administrativa.

Será que ela achava que carona de helicóptero oficial é a mesma coisa de carona em carro particular? A Lôka! Espero que esse turbilhão sirva para limpar a cidade dessas mazelas políticas.

Ao mesmo tempo, me entristeço ao ver que os jovens que se interessam por política, em sua maioria, não quer saber de trabalhar pelo próximo, pela melhoria das condições de vida do Brasil.  Há sempre uma crítica comparativa: na Suécia, no Japão, na Suíça e, invariavelmente, nos EUA, a coisa é diferente, é melhor, é mais organizado. Mas se esquecem de que lá também são seres humanos, com falhas e defeitos como todos nós. O que nos faz diferentes?

Mas o fato de ler na página 3 da edição hodierna do Globo que o Roriz foi condenado já encheu meu coração de esperança cívica!

0 resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.