Estou de férias por uma semana. São férias pandêmicas, então nem fariam muito sentido no que nos habituamos a chamar de férias, um período para esquecer o trabalho, ter lazer de qualidade e renovar as energias que serão sugadas por mais um período de exploração do modo capitalista de produção. Não, não tenho ilusões.

Aí, pra completar, eu estava me devendo uma reformulação geral na cozinha aqui do apartamento. Resolvi unir as duas coisas.

O durante é um sofrimento, mas o depois valerá a pena.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.