Mais um de Conceição para a conta

Terminei de ler anteontem o grande Insubmissas Lágrimas de Mulher, da Conceição Evaristo. A cada livro dela eu me convenço que ela, de fato, não merece ir para a Academia Brasileira de Letras. Conceição Evaristo O que outrora era um lugar de honra, a imortalidade alcançada pelo conjunto da obra, deu lugar curriola de gente […]

Três autores, três realidades e o que há na interseção

Li três livros muito bons recentemente: Torto Arado, O Avesso da Pele e Campo Geral. É muito interessante tentar descobrir a intertextualidade entre épocas e realidades tão diversas. Torto Arado de Itamar Vieira Junior Enquanto o primeiro traz uma mesma história contada de três pontos de vista diferentes, mas narrada pelo lado de dentro das […]